Bem-Vindos. Sentem-se em volta da fogueira, peguem uma xícara de chá e comecemos a aprender os mistérios antigos e a desvendar segredos esquecidos.
Trilhem connosco a floresta sobre o olhar atento da Lua...

Novos artigos serão sempre publicados à segunda-feira e à sexta-feira.




domingo, 15 de maio de 2016

Xaropes


Os xaropes consistem em misturas concentradas de açúcares, tendo por base o sumo ou a polpa do vegetal ou planta escolhida. Tem como vantagem o sabor doce que disfarça o sabor desagradável da planta.

Sempre que possível, prepare-se os xaropes com mel. E na falta de mel, use, de preferência, o açúcar mascavado. Para a preparação da mistura, deve utilizar-se um lume baixo ou brando para dissolver os açúcares.

A maioria dos xaropes é feita para combater problemas do sistema respiratório, principalmente tosses diversas. Outros são ricos em nutrientes essenciais para a remineralização e para o fortalecimento dos tecidos ósseos e cartilagens. Os xaropes preparados com frutas têm propriedades tonificantes e vitamínicas.

Muitos xaropes preparam-se usando 50% de cada, isto é, ao peso da fruta acrescenta-se igual peso de mel ou açúcar mascavado.

Geralmente quem é diabético deve abster-se de tomar xaropes devido à grande quantidade de açúcares utilizados na sua preparação.

0 comentários:

Enviar um comentário