Meditação

por - dezembro 24, 2020

Unsplash (Sage Friedman)

Hoje vamos falar sobre Meditação, esta que é uma prática que tem grande impacto no nosso caminho pessoal como bruxos/as e até como pagãos. A meditação é transcendente a imensas culturas e há variadíssimas formas de a praticar e de a adaptar às nossas rotinas e à nossa forma de trabalhar. 

Antes de mais, o que é a Meditação? Segundo a definição da Wikipedia a meditação é "uma prática na qual o indivíduo utiliza técnicas para focar sua mente num objeto, pensamento ou atividade em particular, visando alcançar um estado de clareza mental e emocional". Durante a meditação podemos focar-nos em variadas coisas o que permite que esta prática seja adaptada a todo o tipo de práticas religiosas, espirituais e até apenas de mindfulness. A origem da meditação é bastante antiga e está presente em diversos caminhos religiosos e espirituais (como o Hinduismo, Budismo, etc.) e, hoje em dia, é utilizada pelo mundo fora como uma das melhores técnicas para ajudar no bem-estar pessoal e na tranquilidade interior, sendo até utilizada e recomendada por profissionais de saúde, terapeutas, entre outros. 

No que diz respeito à Bruxaria e ao Paganismo a meditação faz parte de imensas práticas e imensos caminhos (como a Wicca ou o Paganismo Eclético) e é uma ferramenta fantástica para ajudar no nosso desenvolvimento pessoal, na nossa devoção a Divindades ou Entidades, no nosso trabalho mágico, entre outros. A meditação é uma de variadas formas de treinar a nossa mente a focar num determinado propósito e de concentrarmos a nossa energia em algo: este é um dos grandes pontos fulcrais na prática da Magia! O direccionamento de energias para um propósito pode ser desenvolvido através de práticas meditativas. Também a relação com divindades ou entidades pode ser melhorada e alcançar novos patamares através de técnicas de meditação ou de viagens astrais, entre outras. O trabalho com a nossa Sombra (Shadow work) pode ser complementado com sessões de meditação que nos permitem focar nos nossos sentimentos e pensamentos que surgem quando abrandamos a mente. 

Ao contrário do pensamento popular a meditação não é apenas esvaziar a mente! Até porque obrigar a nossa mente a ficar totalmente calada é quase impossível, principalmente numa primeira fase. E este pensamento de que a meditação é manter a nossa mente vazia é bastante tóxico porque acaba por fazer com que muita gente desista (ou nem chegue a experimentar) de meditar por achar que é uma prática muito díficil! Quando é tudo menos isso. Meditar pode ser apenas focar em algo específico: um som, uma palavra, a nossa respiração, etc. Um bom exercício para começar a meditar é fazer respiração em 4 compassos: Inspirar contando até 4. Suster a respiração contando até 4. Expirar contando até 4. E fazer isto várias vezes, focando sempre na nossa respiração até já não ser preciso contar os números e já sabermos o compasso da nossa relação. Viram como é fácil? É algo muito simples mas muito prático! 

Outro exercício para quem está a começar a trabalhar com meditação pode ser o que o Mat Auryn chama um dos exercícios mais díficeis do seu livro Psychic Witch: Respirar fundo e contar de 100 para 0, focando APENAS nos números. Sempre que falharmos ou a nossa mente se desconcentrar, voltar a começar. Podemos começar em pequenos incrementos como de 20 para 0, 30 para 0, etc. Mas este é um bom e fácil exercício para começar a ajudar a nossa mente a conseguir-se focar em algum ponto específico, o que será uma grande mais valia na nossa prática mágica. 

Para além destas meditações básicas podem, a longo prazo, começar a investigar as meditações guiadas. As meditações guiadas são, basicamente, meditações nas quais focamos em algo que outra pessoa está a contar-nos. Estas são especialmente úteis em trabalhos devocionais com divindades ou de exploração do nosso "eu interior". Um bom exercício para começar isto é o apresentado pela Tradição Caminho das Sombras nos seus métodos para entrar em Alfa (Alfa é nome dado ao estado da nossa atividade cerebral alcançado durante meditação)

A meditação é uma excelente ferramenta para a nossa prática mágica, espiritual e devocional. É apta para iniciantes e é aplicado a todos os tipos de caminhos religiosos ou espirituais dado que não está associada a nenhum tipo de crença ou prática específica. Pode ser adaptada a todos os caminhos e todas as formas de trabalhar. Deixei-vos com dois pequenos exercícios para quem quer começar (ou até para quem já sabe meditar mas quer algo mais). 

E vocês? Gostam de meditar? Quais as vossas técnicas favoritas?

Também podes gostar

0 Comentários