• Directório Pagão

    Encontre outros pagãos e bruxos na sua localidade através do nosso Directório Pagão. Inscreva-se hoje!

  • Akelarre: Podcast em Português sobre Paganismo

    Temos encontro marcado no dia de Mercúrio e dançaremos e cantaremos em nome de poderes antigos e forças primevas.

  • Newsletter Mensal do Sob o Luar!

    Subscreva à newsletter do Sob o Luar para receber conteúdos exclusivos todos os meses na sua caixa de correio.

  • Patreon: Sob o Luar

    Apoie o nosso trabalho através do Patreon. Por apenas $1 pode ter acesso a conteúdos exclusivos e ajudar a manter o Sob o Luar a funcionar.

Como fazer um altar para os Elementos?


Para muitos praticantes o altar é uma das partes essenciais da prática pessoal. É o local onde se presta culto às Divindades ou Entidades, onde deixamos as oferendas, os pedidos, os feitiços e a casa da própria Divindade/Entidade. Hoje falaremos sobre como montar um altar dedicado aos elementos.

Devemos ter em consideração vários factores ao montar o nosso altar: Qual o espaço disponível? Tem privacidade ou partilha o quarto? As pessoas com quem vive aceitam a sua prática ou não? Consegue garantir que ninguém mexe/toca nas suas coisas? Ou é melhor algo mais escondido (dentro um armário ou gaveta)? 

Estas entre outras perguntas são essenciais de colocar a nós próprios antes de começar a organizar o nosso altar. Após tudo pronto e o local escolhido, é altura de criar o altar.

Altar aos Elementos

Um altar aos elementos deverá incluir representações dos cinco elementos: Água, Fogo, Terra, Ar e Espírito (ou Éter). Cada elemento está associado a um determinado aspecto, nomeadamente:

Água: Emoções, Intuição, Cura e Reflexão.
Fogo: Energia Criativa, Inspiração, Vontade e Sexualidade.
Terra: Segurança, Bens Materiais/Dinheiro e Ligação à Natureza.
Ar: Conhecimento, Poder da Mente e Coragem.
Espírito: A interpretação deste elemento é algo pessoal a cada praticante mas geralmente é associado ao renascimento e e à própria existência e equilíbrio.

Vamos falar do que poderá ser associado a cada elemento:

Água: Um cálice ou taça com água ou conchas do mar.
Fogo: Velas, sendo que a cor pode ficar à escolha do praticante ou pode optar por cor branca ou velas de cera de abelha.
Terra: Um prato com sal, um prato de terra, cristais, pedras ou flores.
Ar: Incenso, penas de aves ou até imagens de pássaros ou símbolos de pássaros.
Espírito: Espelho, bola de cristal ou velas brancas. 

É de referir que todos estes objectos podem ser adaptados à prática pessoal de cada um, sendo que aqui no artigo servem apenas como ponto de referência.

Os altares devem ter sempre um pano por baixo (pode ser de uma cor ou padrão que o praticante deseje - para iniciantes a cor recomendável será o branco pois contém em si todas as cores) para definir que aquele espaço é um altar. É sempre recomendável colocar os elementos na posição dos pontos cardeais como Terra/Norte, Ar/Este, Água/Oeste e Fogo/Sul (e o altar, por norma, é colocado virado para o elemento pretendido sendo que tradiconalmente é o Norte/Terra). Em alternativa podem também dispor os elementos através do símbolo do pentagrama, em cada ponta colocando um elemento.

Há várias formas de montar altares e, acima de tudo, é preciso frisar que os altares devem ser algo bastante pessoal e, como tal, fica ao critério de cada um como deve ser o seu próprio altar. Pode ser algo simples como uma pequena caixa com símbolos ou uma mesa exclusiva e toda decorada. Não tenha vergonha do seu altar nem vergonha de não ser tão elaborado como alguns que veja na Internet e, no canto oposto, também não se gabe de ter altar melhor do que o vizinho. Todos os altares são válidos pois, acima da estética do mesmo, está a intenção e a dedicação com que o altar é feito.

Depois do altar montando é de relembrar que tem de se fazer a sua manutenção. Eu recomendo estabelecer um dia semanal (ou mensal, como preferir) para tratar do altar: limpar o pó, trocar a água e o sal ou a terra, limpar os instrumentos, limpar os restos de cera ou de oferendas e organizar tudo e dedicar algum tempo para o seu altar, afinal de contas, o altar é um dos centros principais da sua prática e a casa dos elementos em sua casa e deve ser visto como tal. 
Share:

Magia no Outono


Com a chegada do Outono no Hemisfério Norte creio que é a altura ideal para abordarmos algumas coisas básicas a nível de Magia que podem ser feitas durante esta estação! O Outono é a estação do ano que as cores principais são o laranja, amarelo, castelo, vermelhos-escuros e pretos. As folhas estão a cair das árvores, o frio e o vento estão a chegar e no ar já sentimos o cheiro das lareiras acesas, das castanhas assadas e dos leites quentes com chocolate. Como tal, seguem algumas dicas para realizarem durante esta estação e aproveitar ao máximo o que temos ao nosso dispor!

  • Folhas caídas podem ser usadas em feitiços dependendo da árvore e do formato da folha;
  • Chocolate, chá ou café quente podem ser utilizados para diversos tipos de magia como Chocolate Quente para conforto, Cidra de Maçã para amor e saúde, Café para energia e pode sempre adicionar canela para dar uma força extra ou até desenhar sigilos com mel no fundo da caneca antes de beber;
  • Podem utilizar especiarias, frutos ou outros ingredientes da época nas vossas comidas (ou bebidas!) para imensos propósitos como canela para sorte e proteção, gengibre para amor, cravo-da-índia para dinheiro, entre outros;
  • Se gostam de "Pumpkin Spice" podem aproveitar dado que este sabor pode ser associado a protecção e amor familiar;
  • Podem fazer "Jack-O-Lanterns" e colocar velas com ervas a arder no interior para variados feitiços e propósitos;
  • Folhas, abóboras, ramos de árvores, cabaças e frutos secos são objectos óptimos para decorar o altar para esta estação;
  • Nesta altura começam a surgir as velas perfumadas à venda e em promoção, é a altura ideal para comprar e guardar para o ano inteiro e todas as necessidades que possamos ter;
  • Quando o vento começa a soprar com mais força, podemos aproveitar esse vento para fazer limpezas. Quando for na rua e o vento soprar, visualize que está a ser limpo de todas as energias negativas que tem; 
  • Aproveite esta altura do ano para fazer uma Limpeza de Outono em toda a sua casa ou quarto, tanto fisicamente como energeticamente
  • Nas manhãs mais frias em que consegue ver o seu próprio bafo, visualize toda a energia negativa a sair de si e, ao inspirar, visualize a positiva a entrar. 
Existem muitas coisas que podem ser feitas durante o Outono para além das referidas como cozinhar bolos para a família, celebrar os Sabbats (Mabon e Samhain), ler mitos sobre esta altura do ano, organizar almoços e jantares de família com comidas e bebidas encantadas para determinados propósitos, comer castanhas (estão associadas à energia masculina e podem encorajar a fertilidade e abundância) e imensas actividades típicas do Outono!


Share:

Limpeza Energética de Locais

Com a chegada do Outono no Hemisfério Sul e da Primavera no Hemisfério Norte estamos na altura ideal para proceder a uma limpeza energética nas nossas casas, quartos e espaços sagrados. Hoje trago-vos um pequeno ritual de limpeza de espaços, principalmente casas mas pode ser adaptado para qualquer tipo de espaço que necessite de uma limpeza. 

As limpezas devem ser feitas regularmente dado que, mesmo quando tentamos evitar que isso aconteça, há sempre energias a circular pelos espaços e muitas vezes acabam por existir energias negativas (provenientes de discussões, pensamentos negativos, medos, etc.) que ficam nos locais e prejudicam-nos no nosso quotidiano e até no nosso trabalho mágico. Dependendo de onde vivem as limpezas devem ser feitas uma vez por mês ou, se for em sítios mais calmos e afastados de centros urbanos, talvez de dois em dois ou três em três meses. Porém, se houver necessidade de limpezas entre esses períodos, faça! Não precisa de ter receio por fazer limpezas a mais do que as datas que inicialmente estabeleceu. Eu aconselho, por exemplo, a realizar limpezas mensais e, se tiver rendimentos frequentes (ordenado, subsídio, etc.) efectue as limpezas uns dias antes de receber esse dinheiro. Assim garante que o mesmo chega a uma casa positiva o que acaba por torná-lo também algo positivo. 

É ainda de recordar que as limpezas energéticas não libertam de espíritos ou entidades que possam estar agarradas aos locais e também não quebram qualquer tipo de trabalho mágico que tenha sido feito contra alguém. Para isso é necessário recorrer a outros métodos. 

Para começar, abra todas as janelas e portas para permitir um fluxo constante das energias e permitir que as energias negativas saiam do espaço onde estão. Isto vai também ajudar o ar a circular que não só é bom para a saúde mas também uma representação de como queremos que a casa fique limpa. As limpezas energéticas estão intimamente ligadas às limpezas em geral. Afinal de contas, não podemos querer ter uma casa limpa de energias negativas quando a nossa própria casa está suja e uma confusão certo? Então comecemos por limpar a casa, lavar o chão, limpar o pó, arrumar as coisas, lavar a roupa, etc. Enquanto fazemos isto tenha sempre consciente que está a limpar todas as energias negativas, todos os problemas e mágoas que estão no local. Tente visualizar esta limpeza ao máximo, tanto no aspecto físico como no aspecto energético. 

Após a limpeza física estar concluída, podemos passar para a parte ritualística. Existem vários rituais que podem ser utilizados, vou deixar aqui apenas dois: um simples e um mais complexo. 

Purificação dos Elementos 

Este ritual utiliza a energia dos quatro elementos (Terra, Fogo, Água e Ar) para limpar a casa. Pode ser realizado de forma solitária ou em grupo. 

Materiais necessários:

  • Uma tigela ou um prato com sal;
  • Um queimador de incenso;
  • Incenso de Olíbano (pode ser em pó, cone ou pauzinho);
  • Uma vela branca;
  • Uma tigela com água limpa (preferencialmente água corrente);

Coloque os materiais em cima de uma mesa. Acenda o incenso e a vela. Coloque-se em frente da mesa e tente abrir-se para a sua casa, sinta as suas energias e sintonize-se com o que rodeia. 
Após um momento coloque as mãos por cima dos instrumentos e diga:

Eu consagro-vos, instrumentos dos elementos,
Para limpar a minha casa de todo o mal e tristeza,
Assim é a minha vontade, que assim seja! 

Pegue no prato de sal e mova-se no sentido do ponteiro dos relógios dentro de sua casa, atirando um pedaço de sal para cada canto de cada quarto, enquanto diz:

Pelo poder da Terra, eu limpo esta casa. 

Visualize o sal a queimar as energias negativas enquanto o espalha. Tente visualizar o melhor possível, pois isso será o que dá poder à sua acção. Coloque também sal dentro de armários através de portas e janelas abertas. Inclua todas as divisões (incluindo sótão, cave e garagem se tiver). 

Quando terminar com o sal, pegue no incensário. Percorra o mesmo caminho que fez com o sal e visualize o fumo a limpar toda a negatividade e todo o mal da sua casa. Enquanto o faz, diga em intervalos regulares:

Pelo poder do Ar, eu limpo esta casa. 

Quando terminar com o incensário, pegue na vela e trace novamente o mesmo caminho e os mesmos locais. Continue a visualizar as energias negativas a serem queimadas. Em intervalos regulares, diga:

Pelo poder do Fogo, eu limpo esta casa.

Por fim, coloque a vela na mesa e pegue na taça de água. Volte a realizar o mesmo percurso pela sua casa, na direcção do ponteiro do relógio, e borrife água pelo caminho. Atire também algumas gotas pelas janelas e portas. Visualize a água a lavar de todas as energias indesejadas, como a maré. Enquanto o faz, diga em intervalos regulares:

Pelo poder da Água, eu limpo esta casa. 

Volte a colocar a água na mesa e tente sintonizar-se com a sua casa e as suas energias positivas. Verá um ambiente mais leve e tranquilo. Caso não sinta, repita novamente até sentir. 

Por fim, feche as portas e janelas. Se o tempo permitir deixe o sal, o incenso, a vela e a água juntos até a vela e o incenso terminarem de queimar. 

Nota: Os textos e frases podem ser adaptados, tente apenas manter o objectivo semelhante ao descrito.

A Purificação da Vassoura

Este é um método mais simples de limpeza energética, utilizado no Sudeste dos Estados Unidos e México, principalmente no primeiro dia do mês. Antes do nascer do Sol pegue um falho de qualquer árvore (lembrando-se de agradecer à árvore e deixar uma oferenda como pagamento). 

De seguida, obtenha várias flores coloridas em talos longos e ate as mesmas ao galho para que fique uma espécie de uma vassoura. Depois varra o chão de todas as divisões da sua casa com esta vassoura, visualizando as energias negativas a serem absorvidas pelas flores. 

Assim que terminar, e ainda antes do nascer do Sol, deixe a vassoura numa Encruzilhada que tenha perto de casa. 

Fonte: Cunningham, S. (1983). Magical Household. In S. Cunningham, Magical Household (pp. 123, 124). Llewellyn Publications.
Share:

O Tarot: Os Arcanos Menores - Swords (Espadas)


Hoje trago o quarto e último artigo da série de Arcanos Menores. Gostaria de recapitular os dois pontos importantes do primeiro artigo, para quem não leu:

Dois pontos importantes:

  1. A maioria das pessoas não utiliza, por norma, as cartas invertidas. Ou seja não lhes aplica nenhum significado específico às mesmas, assumindo o significado normal das cartas na sua posição certa. Porém, e com o objectivo de ser o mais explícita possível e auxiliar independentemente do método, iremos incluir aqui a descrição da carta invertida. O seu uso depende da prática de cada um e fica ao critério do utilizador.
  2. O significado das cartas de Tarot não é algo preto no branco, X ou Y, sim ou não. É algo fluído e dependerá também do próprio leitor, da sua relação com o baralho, das imagens das cartas, da pessoa que está a ser alvo da consulta, etc. Não se guie a 100% por tudo o que lê, tente usar da sua própria intuição e ligação com o seu baralho. 
Em cada artigo iremos falar de um Naipe de forma a não fazer as postagens serem demasiado longas. Hoje falaremos pelo Naipe de Swords (Espadas).

  • Swords (Espadas)
Como o próprio nome indicada este naipe está associado ao naipe de Espadas no baralho comum. O elemento associado a este naipe é o Fogo e representa tudo relacionado a acção em força, o poder e as decisões firmes. Este naipe, numa leitura, normalmente representa uma resposta relacionada com acções necessárias ou já iniciadas, mudanças drásticas devido a necessidade ou circunstância, ambição, competição, defesa e outras coisas que possam requerer decisões mais ousadas.

Ás de Espadas
Significado: Esta carta é como um ponto de exclamação a nível das acções. Existe a necessidade de fazer algo, de agir. Representa o triunfo e é uma carta de grande força, em vários aspectos. Pode ou simbolizar uma grande prosperidade ou uma grande miséria. 

Invertida: Quando invertida tem o mesmo significado, porém, no sentido oposto, ou seja os resultados são quase sempre desastrosos e catastróficos. Pode implicar o fim de um casamento ou a impossibilidade de concepção. 

Dois de Espadas
Significado: A indecisão de qual caminho tomar. Pode representar a conformidade com algo ou, no sentido oposto, a coragem de agir. Há também quem associe a esta carta o simbolismo de carinho e intimidade, de entrega. Porém há que ter em atenção que o naipe de Espadas não é associado a assuntos benevolentes e carinhosos. 

Invertida: Representa a falsidade e pessoas com duas faces, dois objectivos opostos. 

Três de Espadas
Significado: Esta carta representa a quebra de algo, uma divisão, atraso e dispersão. Quando em leituras referentes a amor, como a própria imagem sugere, representa o rompimento de uma relação e término da mesma. 

Invertida: Alienação, perda, desordem, confunsão e erros cometidos.

Quatro de Espadas
Significado: Uma carta com teor negativo, representa a vigilância, solidão, exílio e, como a imagem demonstra, também associado aos caixões e túmulos. 

Invertida: Quando invertida esta carta tem um resultado mais positivo, nomeadamente representa sucesso em termos de administração de negócios. É favorável para a economia mas requer cuidado e cautela na mesma, principalmente dado que a mesma também pode simbolizar a chegada de um testamento. 

Cinco de Espadas
Significado: Esta é uma carta associação à traição, após a batalha. Representa a degredação de algo, destruição, desonra e perda. Nomeadamente que após a sorte e a batalha poderá vir a traição, é o fim ou um ataque/perturbação à sorte que tem vindo a ter.

Invertida: No seu formato invertida a carta tem o mesmo significado, podendo também ser um símbolo de tristeza e de luto. 

Seis de Espadas
Significado: Como a própria imagem demonstra esta carta representa uma viagem, um caminho, muito provavelmente que vá incluir água (viagem de barco, por exemplo). Esta viagem, com base nesta carta, irá também ser agradável e com resultados positivos.

Invertida: Neste sentido a carta desempenha um papel diferente, representando declarações ou confissões, sendo que há quem considere que pode até representar uma proposta de amor. Waite indicava que a mesma representava, enquanto invertida, um assunto legal pouco favorável.

Sete de Espadas
Significado: Esta carta fala-nos de tentativas, desejos, esperança e confiança. Pode também representar ambém brigas e conflitos e planos que podem falhar. Ao interpretar esta carta num lançamento é preciso ter em consideração as cartas que rodeiam. 

Invertida: Invertida a mesma representa conselhos e instruções que podem não ser ouvidos. E também calúnias. 

Oito de Espadas
Significado: O oito de espadas trás consigo más notícias, violência, censura, crise e conflitos. Também pode representar calúnias e doenças. 

Invertida: Quando invertida esta carta representa dificuldade, oposição, acidentes, traição e inquietação. 

Nove de Espadas
Significado: Esta carta fala-nos de ruína absoluta. Pode representar morte, falhanços, abortos, atrasos, decepção,  desilusão e despero. É uma das cartas mais negativas e que traz consigo um mau presságio, segundo o próprio Waite. 

Invertida: Mesmo enquanto invertida esta carta representa aspectos negativos de uma situação nomeadamente dúvida, vergonha, prisão e suspeitas. 

Dez de Espadas
Significado: Para analisar o significado desta carta deveremos ter em consideração as cartas que rodeiam durante o lançamento. Esta carta representa, geralmente, aflição e pânico, tristeza e lágrimas. A origem desta tristeza dependerá do resto da leitura.

Invertida: Vantagem, sucesso e lucro mas tudo temporário. Pode também representar poder e autoridade que é também temporária. 

Pajem de Espadas
Significado: Esta é uma carta que solicita atenção ao que se passa em nosso redor. Por norma representa vigilância, segredos, espionagem, alguém que está a tentar saber mais sobre os assuntos pessoais do alvo da nossa leitura. É também uma representação de autoridade.

Invertida: Invertida representa o lado negativo nomeadamente que o imprevisto e o estar sem preparação. Pode também representar doenças.

Cavaleiro de Espadas
Significado: Esta carta representa a bravura, a destreza, capacidade de nos defendermos, a guerra, destruição, oposição e a resistência. Pode também representar ruína e, dependendo de quais as cartas que a rodeiam, poderá também significar morte.

Invertida: No seu estado invertida representa falta de prudência, incapacidade e extravagâncias. 

Rainha de Espadas
Significado: Esta Rainha traz consigo a tristeza e vergonha feminina, viuvez, ausência de algo ou de alguém, luto, separação e até esterilidade. 

Invertida: Por norma esta carta invertida representa uma má mulher ou má figura feminina, que tem más intenções para com o alvo da leitura. Representa a malícia, bigotria e fraude.

Reis de Espadas
Significado: O Rei de Espadas fala-nos de tudo o que surge do conceito de julgamento como poder, comando, autoridade, inteligência militante e direito. Poderá representar um advogado, senador ou médico na vida pessoal do alvo da leitura. 

Invertida: Quando invertida fala-nos de crueldade, de um homem falso e com más intenções, perverso e bárbaro. 
Share:

Apoia o Sob o Luar

Queres apoiar o trabalho do Sob o Luar?
Apoia-nos no Ko-fi!


Ou junta-te ao nosso Patreon!

Informações Mensais


☽ Fases da Lua para Outubro de 2019 ☾

Quarto Crescente: 05 de Outubro de 2019
Lua Cheia: 13 de Outubro de 2019
Quarto Minguante: 21 de Outubro de 2019
Lua Nova: 28 de Outubro de 2019
 
☼ Para informações detalhadas para cada país, selecione a bandeira desejada! ☼

Artigos Populares

Parceiros


Se quiser ser parceiro, contacte através de Facebook ou por e-mail!