quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Receita - Sonhos de Yule

dezembro 21, 2017 0 Comentários

Esta é uma receita que a minha mãe faz desde que eu era pequena durante a época festiva. Apesar de a minha mãe ser Cristã e costumar fazer esta receita no Natal, acabou por se tornar uma presença obrigatória na minha celebração de Yule também! Assim sendo decidi partilhar convosco caso queiram usá-la durante as vossas celebrações. 

Ingredientes:
  • 2,5dl de Leite (ou alternativa vegetal)
  • 100g de manteiga (ou alternativa vegetal)
  • 300g de farinha com fermento
  • 900g de abóbora cozida
  • 4 Ovos (ou alternativa vegan)
  • 1 Casca de Limão
  • 1 Pitada de Sal
  • Óleo para Fritar
Preparação

Levar ao lume o leite, a manteiga, o sal e a casta de limão até ferver. Quando atingir o ponto de fervura devemos juntar a farinha e mexer bem até que a masse se solte do tacho e tenha uma consistência uniforme. De seguida retire a casca de limão e adicione a abóbora aos poucos, misturando bem entre cada pedaço para garantir que a massa se mistura corretamente. 

Após a abóbora chega a vez de juntar os ovos, um a um, misturando muito bem. 

De seguida prepare uma frigideira ou panel com óleo bem quente e frite a massa às colheradas até obter uma cor dourada. Assim que estiver deve remover do óleo e colocar em cima de papel absorvente, sendo que depois pode polvilhar com canela e açúcar. 

Deixar arrefecer e servir. 

Bom Apetite! ~ 

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Tenda Vermelha

dezembro 14, 2017 2 Comentários

Hoje falaremos da Tenda Vermelha, um movimento que está a surgir na actualidade e que vem com o objetivo de unir e curar as mulheres.

Tenda Vermelha é um conceito antigo, apesar de nem sempre ter tido este nome, em que as mulheres das tribos se reuniam durante a sua menstruaçãoe se recolhiam em si mesmas, partilhando conhecimentos, experiências e ensinamentos. Hoje em dia a tradição de dedicar atenção e cuidado à nossa menstruação é algo do passado. As vidas atarefadas da cidade, os empregos, as tarefas e até as redes sociais e a necessidade de estar sempre contactável e em movimento afastam-nos dos momentos intímos e reclusão interior.

É desta necessidade, e da necessidade de união entre as mulheres que surge o movimento da Tenda Vermelha. Existem várias mulheres, em todo o Mundo, a impulsionar este movimento tal como DeAnna L’amALisa Starkweather. Estas Tendas Vermelhas são encontros entre mulheres com o objectivo de ajudar a estabelecer uma comunidade de mulheres, como irmãs, e também com o objectivo de ajudar cada mulher, individualmente, a desenvolver-se a si mesma, a aprender sobre os seus ciclos e aprender a conviver com eles.

O que acontece em cada reunião da Tenda Vermelha depende não só da organização mas também dos membros, do momento em que é realizada, do local onde é realizada e de imensos factores. Nenhuma reunião é igual a outra e são todas únicas. O que acontece dentro da Tenda Vermelha, obviamente, mantém-se dentro da Tenda Vermelha e pertence apenas às mulheres que estiveram presentes, como forma de manter a privacidade do que é partilhado e também como forma de criar o espaço seguro dentro da Tenda para as mulheres que frequentam.

A Tenda Vermelha tem como objectivo empoderar as mulheres, ensinar a respeitar os ciclos internos e a intuição feminina e usá-la no nosso dia-a-dia, aprender os nossos ciclos menstruais e as diferentes fases da nossa menstruação e, ao invés de a renegar ou renunciar, devemos adoptá-la e aceitá-la, aprendendo a lidar com ela da melhor forma possível. Esse conhecimento do nosso corpo, dos nossos ciclos, ajuda-nos enquanto mulheres e, no meu caso e de semelhantes, enquanto Bruxas.

Existem Tendas Vermelhas em todo o mundo, aliás, a DeAnna L'am tem o projecto "Uma Tenda Vermelha em Cada Bairro" com o objectivo de que as Tendas Vermelhas cheguem a todos os bairros e todas mulheres do Mundo. No site indicado podem consultar quais as Tendas que existem perto de onde moram e como funcionam.

Pessoalmente frequento uma Tenda Vermelha todos os meses e é uma experiência transformadora, sem igual. A união feminina, o conhecer dos nossos ritmos e tudo o que a Tenda proporciona é algo inesquecível, transformador e único. Recomendo a todas as mulheres que pretendam conhecer-se melhor, crescer, sintonizar-se (com vós mesmas e com o Mundo) e também que procurem uma comunidade que vos acolha e receba de braços abertos.

E vocês, leitoras? Qual a vossa experiência com a Tenda Vermelha? 

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

O Tarot: Arcanos Maiores - I O Mago

dezembro 07, 2017 0 Comentários
I - O Mago


Nome do Arcano: O Mago
Número: I
Descrição: No baralho de Rider-Waite o Mago é representada por um homem com roupa branca e vermelha com o símbolo do infinito por cima da sua cabeça, uma cobra a comer a sua cauda na cintura e com um bastão na mão direita a apontar para os céus, enquanto a sua mão esquerda aponta para a terra. À sua frente está uma mesa com uma espada, um pentáculo, um pau e um cálice. Em frente à mesa encontram-se lírios brancos e flores vermelhas. *
Símbologia: Este arcano é representado por um homem que tem na sua mão direita um bastão que aponta para os céus e a sua outra mão aponta para a terra, representando a ligação entre os dois planos e o Mago como sendo o condutor. Por cima da sua cabeça está o símbolo do infinito e, na sua cintura, uma cobra a morder a própria cauda que é outro dos símbolos relacionados com a eternidade. Todos os naipes do baralho estão na sua mesa, em que eles nos apresenta aquilo com que iremos trabalhar e, também, nos mostra os quatro elementos - Fogo, Água, Terra e Ar. As suas roupas são uma representação da sua pureza (roupa branca) e a experiência e conhecimento (a capa vermelha). As flores representam a dualidade, com o branco e vermelho.

Significado:

  • Posição Normal
O Mago aparece como representação de poder e determinação. Esta carta diz que a pessoa tem, dentro de si, todo o potencial e energia para manifestar os seus desejos e objectivos independentemente em que plano os mesmos ocorram, dado que esta carta tem perante si os quatro elementos. O Mago sugere, nas leituras, que existe uma situação (ou virá a existir) na qual terá a possibilidade de por em utilização todos as suas forças para atingir o objectivo pretendido. Com esta carta vem o sucesso em criar tudo o que quer, representa a manifestação dos nossos objectivos através de utilizando as ferramentas que estão ao nosso dispor. Esta é uma carta bastante positiva e que trás consigo sempre boas notícias e resultados. É um sinal directo para agir conscientemente e agir, sendo que está ao nosso dispor tudo o que precisamos (atitude, ferramentas ,etc) para atingir o pretendido.

  • Posição Invertida (esta posição é opcional)
Na sua posição invertida o Mago alerta-nos para a ganância, manipulação e a utilização dos nossos dons e capacidades para fins negativos. Manda-nos ter cuidado e caução, ter a certeza do que fazemos e garantir que estamos a usar tudo ao nosso alcance para analisar a situação que temos em nossa frente e garantirmos que confiamos na situação ou na pessoa em causa. O Mago invertido sugere também um afastamento de nós mesmos e da realidade, a nível espiritual. Indica ao alvo da leitura a focar-se na realidade e voltar a colocar os "pés assentes na Terra". Pode haver confusão e impaciência. Mostra-nos também, em oposição à sua face normal, que existem habilidades e talentos que podem não estar a ser aproveitados ao máximo e que devemos focar-nos em melhorar esses aspectos, com o intuito de atingir o objectivo final. 

* A representação dos Arcanos varia de Baralho para Baralho, a descrição apresentada é com base no Baralho Rider Waite.