• Recursos de Paganismo e Bruxaria

    Uma compilação de variados recursos (livros, páginas, podcasts, canais de youtube, etc) relacionados com Bruxaria, Paganismo, Magia, entre outros.

  • Curso de Bruxaria de Cozinha

    O Curso de Bruxaria de Cozinha do Sob o Luar já está disponível e a preço PROMOCIONAL!

  • Portal de Iniciantes

    Neste Portal podes encontrar todos os links úteis para começar a trilhar o teu caminho mágico dentro do Paganismo e Bruxaria!

  • Newsletter Mensal do Sob o Luar

    Subscreva à newsletter do Sob o Luar para receber conteúdos exclusivos todos os meses na sua caixa de correio.

  • Serviços do Sob o Luar

    O Sob o Luar disponibiliza alguns serviços para os seus leitores como leituras de Tarot, aconselhamento gratuito, entre outros.

  • Directório Pagão

    Encontre outros pagãos e bruxos na sua localidade através do nosso Directório Pagão. Inscreva-se hoje!

Magia Subtil

Unsplash (Joanna Kosinska)
A magia é algo que pode fazer parte do nosso dia-a-dia ao ponto de se tornar algo subtil. Algo que fazemos quase involuntariamente e, olhando para trás, não sentimos como sendo um esforço activo. Podemos até sentir que não estamos a aplicar Magia no nosso dia-a-dia e começar a pensar que estamos desconectados da nossa prática. Contudo, há muita coisa que pode ser feita no nosso quotidiano para nos aproximar da nossa prática mágica. 

Estas práticas subtis podem ser aplicadas no quotidiano de quem já é Bruxa/o experiente e quer adicionar novas coisas na sua prática ou para iniciantes que não sabem formas subtis e fáceis de começar a introduzir práticas mágicas nas suas rotinas.

Aliás, estas práticas são também extremamente úteis para todos aqueles que vivem em locais onde não podem praticar os vossos caminhos abertamente. 

Algumas formas subtis de aplicar a Magia no dia-a-dia são... 
  • Desenhar símbolos (ou sigilos) nos alimentos: Isto pode ser feito com a mão ou com temperos (azeite, óleos, molhos, etc.). Pode ser feito enquanto estão a cozinhar (ex: desenhar um pentagrama na frigideira antes de cozinhar ou desenhar uma lua com mel no fundo da chávena) ou após cozinhar (ex: colocar o tempero na salada em formato de um quadrado ou triângulo, etc.)
  • Energizar a nossa água: Todos nós costumamos andar com uma garrafa de água no dia-a-dia, para nos mantermos hidratados (se não costumamos, é um bom hábito a começar!). Uma das coisas que podemos fazer é colocar água da Lua ou do Sol misturada na nossa garrafa de água ou colocar cristais dentro da sua garrafa. É preciso muito cuidado quando trabalhamos com cristais dentro de consumíveis (como bebidas). Já falamos disso no artigo de Formas de Utilização de Cristais e eu planeio abordar mais o tema de Elixires, contudo, o melhor é escolher um cristal que seja compatível com a presença prolongada em água e dureza aplicável (ex: Quartzo). 
  • Andar com amuletos que sejam energizados: Podemos ter alguns amuletos, coisas simples como os nossos anéis favoritos ou colares ou até uma bolsa pequena com cristais que podemos levar no bolso e energizar os mesmos mensalmente na Lua Cheia ou energizar nos Sabbats, carregando essa energia connosco no nosso dia-a-dia. Não precisamos de estar a tocar sempre neles ou a lembrar que eles estão lá, apenas a sua presença já tem um impacto no nosso dia-a-dia. 
  • Cumprimentar a Natureza em nosso redor: Uma das características habitualmente atribuída às Bruxas é a conexão com a Natureza e o espaço em nosso redor. Qual a melhor maneira para estabelecer esta ligação e contacto do que vendo o que está à nossa volta e cumprimentando estes seres? Pode ser um cumprimento silencioso, apenas na nossa mente, mas reconhecer a existência das árvores, das plantas, dos animais e até da Lua permite-nos não só estabelecer uma ligação energética com os mesmos e melhorando a nossa ligação com o local onde vivemos mas também nos permite ter um melhor conhecimento sobre a flora e a fauna das nossas vilas e cidades. 
  • Manter uma ligação frequente com as divindades/entidades com que trabalhamos: Esta é uma técnica que é totalmente opcional, dado que há muitos praticantes que não trabalham com divindades ou entidades, contudo, para aqueles que praticam esta é uma excelente prática para o quotidiano. Manter a ligação com as divindades pode parecer algo complicado mas pode tão simples como dizer um Bom Dia de manhã ou, enquanto estamos a comer ou a fazer alguma coisa que nos satisfaz, agradecer a essa divindade pela oportunidade de vivenciar aquele momento. Este ponto é algo que depende da prática de cada um, contudo, quis incluir nesta lista de qualquer das formas. 
  • Utilizar a tecnologia a nosso favor: Hoje em dia a tecnologia está em todo o lado e quase todos andamos com um telemóvel/celular no bolso, todos os dias. Podemos usar isto a nosso favor, colocando sigilos na capa do telemóvel ou até no próprio telemóvel, através de uma imagem de fundo ou escondida num dos menus do telemóvel. Isto vai permitir que haja uma lembrança constante da nossa prática e da Magia na nossa vida, contudo, é discreta o suficiente para que os outros não se apercebam. Podem até criar símbolos ou imagens de protecção e de poder, e colocar as mesmas no telemóvel, vendo-as diariamente para se recordarem dos objectivos ou da protecção que está convosco. Planeio abordar brevemente a ideia da tecno-magia, contudo, esta é uma prática óptima para aplicar no quotidiano subtil. 

E vocês? Quais as técnicas para Magia Subtil que gostam de utilizar? 
Share:

Análise Literária: "A Practical Guide to Pagan Priesthood" de Lora O'Brien

Título: A Practical Guide to Pagan Priesthood
Autor(es): Lora O'Brien
Pontuação
Descrição: Junte-se à Reverenda Lora O'Brien enquanto ela explora os deveres, responsabilidades, desafios e benefícios de se tornar uma sacerdotisa ou sacerdote. Se está actualmente em uma posição de liderança, está a pensar em assumir esse papel ou gostaria de ser mais informado sobre o sacerdócio pagão, este livro é uma ajuda para aprender sobre as habilidades práticas necessárias e fornece ideias sobre como pode melhorar o seu próprio sacerdócio. Há uma necessidade na comunidade pagã de líderes fortes, conscientes e responsáveis​. Este livro fornece uma avaliação de habilidades para que possa ter uma noção dos seus pontos fortes e áreas em que trabalhar. Também descobrirá sobre as duas categorias principais de deveres sacerdotais - pastoral e sacerdotal - bem como sobre liderança de grupo, ensino, aconselhamento para crises, comunicação com divindade, devoção, cura, ritos de vida e celebração comunitária. À medida que o paganismo continua a crescer e as novas gerações se tornam líderes, este guia compartilha uma imagem prática do que o sacerdócio pagão pode ser.
Onde Comprar*: Amazon | Book Depository  
AnáliseTive a oportunidade de ler este livro numa cópia avançada, fornecida via NetGalley, em troca de uma crítica/análise honesta. 

Este livro é um dos melhores livros que tive a oportunidade de ler ultimamente. Não estou a exagerar, este livro é tão fantástico que quando o terminei, fui de imediato encomendar uma versão em formato físico porque sinto que é essencial para a minha biblioteca pessoal. E é um dos livros que vou vivamente recomendar a todos aqueles a quem treinar no Iseum do Caminho da Terra.

A autora, a Reverenda Lora O'Brien, tem uma extensa experiências nas comunidades pagãs, principalmente na Irlanda e traz, neste livro, diversos conselhos e ideias de como melhorar o nosso sacerdócio ou, para quem não se consagrou ainda ou está na dúvida se o quer fazer, explica o que é um sacerdócio, os deveres de um Sacerdote e como o nosso trabalho se pode desenrolar, abrangendo as diversas áreas do trabalho sacerdotal e pastoral, indicando alternativas, formas de trabalho, etc.

O livro está dividido em três secções: Os Deveres de um Sacerdote, Ferramentas Pastorais e Desenvolvimento e Ferramentas Sacerdotais e Desenvolvimento. Ao longo destas secções a autora aborda diversos temas, dividindo-os nas suas devidas secções. Alguns exemplos dos temas abordados são, por exemplo: Técnicas rituais, actos mágicos, ordenações e iniciações, dinâmicas de grupos, gestão e organização de covens/grupos, comunicação com divindades, lidar com situações pessoais dos nossos membros, etc.

Ser Sacerdote é uma tarefa complicada e que requer muito de nós. A comunidade requer de nós, a Divindade requer de nós e o próprio cargo, requer de nós. É um título que vem com uma bagagem e um conjunto de tarefas e deveres e, ao longo deste livro, a autora explora todos estes pontos, inspirando-nos no trabalho sacerdotal com as suas palavras e, ao mesmo tempo, alertando-nos para a dificuldade e complexidade deste caminho.

Algo que gostei muito no livro é que, no final, a autora reúne com um conjunto de praticantes de vários caminhos pagãos e coloca algumas questões sobre sacerdócio. Estas questões são fantásticas não só porque podem ser aplicadas a nós mesmos e permitindo-nos ter uma estrutura do nosso trabalho e da forma como vemos o nosso trabalho, as comunidades e nós próprios mas também porque é fascinante ver os pontos de vista de outras pessoas. Estamos a falar de cerca de 17 pessoas, todas de caminhos diferentes, a responder às mesmas perguntas, cada um à sua maneira. É simplesmente fantástico ver todos estes primas e pontos-de-vista e aprender com os mesmos, inspirando-nos e dando-nos uma imagem abrangente das várias formas de lidar e ver o sacerdócio.

É sem dúvida um livro que recomendo vivamente e acredito ser essencial, nos dias de hoje, para qualquer pessoa interessada em seguir um caminho sacerdotal ou, em alternativa, que já seja sacerdote e queira aumentar o seu conhecimento e ver pontos de vista diferentes!

* Os links fornecidos pertencem a 'Affiliate Programs' e geram uma taxa de lucro ao Sob o Luar. Não existe qualquer despesa adicional para o comprador. 
Share:

Traduzir

Apoia o Sob o Luar

Queres apoiar o trabalho do Sob o Luar?
Apoia-nos no Ko-fi!


Ou junta-te ao nosso Patreon!

Livros Grátis!

Ganha DOIS meses GRATUITOS de Scribd e a um conjunto de livros e audiolivros de todas as temáticas, incluindo recursos de Paganismo e Bruxaria! Carrega na imagem e começa hoje!

Informações Mensais


☽ Fases da Lua para Outubro de 2021 ☾

Lua Nova: 06 de Outubro (Balança)
Quarto Crescente: 13 de Outubro
Lua Cheia: 20 de Outubro (Carneiro)
Quarto Minguante: 28 de Outubro
 
☼ Para informações detalhadas para cada país, selecione a bandeira desejada! ☼

Artigos Populares

Recomendações