Bem-Vindos. Sentem-se em volta da fogueira, peguem uma xícara de chá e comecemos a aprender os mistérios antigos e a desvendar segredos esquecidos.
Trilhem connosco a floresta sobre o olhar atento da Lua...

Novos artigos serão sempre publicados à segunda-feira e à sexta-feira.




segunda-feira, 1 de maio de 2017

Ligação Diária com as Divindades


Este é um tópico bastante pessoal mas, mesmo assim, achei por bem falar dele aqui, já que é um aspecto bastante importante no quotidiano da maioria dos pagãos: A Ligação Diária com Divindades.

Ora bem, a grande maioria dos pagãos sente a necessidade de se ligar a divindades, sejam elas específicas de algum panteão ou apenas divindades gerais. Porém, muitas vezes, com o quotidiano das cidades atarefadas e nosso dia a dia non-stop nem temos tempo para fazer seja o que for.

Então, hoje, vamos abordar formas de manter a ligação com as divindades (mesmo que seja de forma simples) apesar de se viver numa espécie de montanha-russa diária. 

Primeiro, como já é de esperar que seja feito, tem de investigar as coisas que se encontram associadas à divindade em questão (e não estou falando de ervas, cristais e coisas do género, mas sim características e traços). Conhecer as divindades que adoramos (tanto sua mitologia, forma de adoração, etc.) é essencial para estabelecer uma ligação mais estável. 

Após ter esse conhecimento todo, tornar-se-á muito mais fácil adoptar essa adoração para o seu dia a dia. Dando um exemplo: Com a Deusa Hékate, no seu dia a dia tem imensas formas que pode mostrar seu culto e prestar homenagem. Não necessita ser sempre rituais e velas e oferendas, algumas atitudes da sua parte, podem e marcam, a diferença. Por exemplo, se a Deusa Hékate é a Deusa dos Caminhos não negue conselhos às pessoas, pois aí você estará ajudando as pessoas nos seus caminhos e aprendendo com a Deusa. Outra coisa será aprender a lidar com as encruzilhadas da vida e das escolhas que necessitam ser feitas, talvez até tentar pedir ajuda a Hékate para lhe guiar em momentos mais complicados. Pode também ter símbolos da divindade consigo em colar ou em anel ou noutro método que pretender. 

Outro exemplo que podemos tomar, no caso de a divindade a qual presta culto ser, por exemplo, Afrodite, pode tirar umas horas do seu dia para se tratar a si mesma/o e dedicar algum tempo a você. Tomar um banho de espuma, relaxar, fazer algo que você gosta e tratar de si. Ao tratar de si estará mostrando respeito pela Deusa em questão e seguindo os seus ensinamentos. 

No caso de Hermes, por exemplo, pode prezar a comunicação seja ela electrónica ou por carta. Utilize de métodos de comunicação, não fique zangado quando lhe fizerem partidas e tente ver o lado positivo dessas acções. Afinal de contas Hermes é considerado um Deus Trickster, ou seja, um Deus dado a pregar partidas, inclusive aos seus devotos.

São coisas assim simples que podem fazer a diferença e permitem-nos aprender grandes lições com as divindades, mesmo quando pensamos que não temos tempo nem para respirar. 

Mas claro, se tiver a oportunidade, não deixe escapar e faça algo mais elaborado, talvez umas oferendas, um poema ou um texto dedicado aos Deuses ou até, se o tempo permitir, um ritual elaborado!

Deixe sua mente ir e não se limite. Existem mil e uma coisas que você pode fazer para manter sua ligação com os Deuses no seu dia a dia. Apenas temos de pensar e ver para além da imagem principal e vai ver que algo vai surgir!

1 comentário: